ESTIAGEM: REUNIÃO NO GABINETE DO PREFEITO DE PINHAL GRANDE É REALIZADA PARA TRATAR DO DECRETO DE SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA EM VIRTUDE DA ESTIAGEM NO MUNICÍPIO

12 janeiro 2023

 

Reuniram-se na manhã desta quinta-feira, 12 de janeiro, no gabinete do Prefeito Lucas Michelon, o Secretário Municipal da Agricultura Giovane Uliana Barbieri, o responsável da Defesa Civil do município Oclécio Uliana, representante do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município, membros do Conselho Municipal da Agricultura, e ainda, lideranças técnicas das entidades cooperativas e agropecuárias do município ligadas ao agronegócio. Na pauta, o assunto era a realização da compilação de dados para efetuar a elaboração do DECRETO DE SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA.

A reunião foi convocada pelo Secretário da Agricultura Giovane Barbieri, a pedido do Prefeito Lucas Michelon, onde ficou decidido que o decreto será elaborado, e posteriormente assinado. Também ficou definido que na próxima semana, quinta-feira, dia 19 de janeiro, às 08h00min no gabinete do prefeito, será então feita a compilação dos dados técnicos das entidades cooperativas e agropecuárias do município, ligadas ao agronegócio, juntamente com o levantamento das perdas feito pelo escritório da Emater de Pinhal Grande e pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município.

Na oportunidade, a Prefeitura Municipal estará coletando os levantamentos técnicos e os dados, para a elaboração e assinatura do decreto, que possibilita por parte da administração na questão de diminuição da burocracia para aquisição de bens e serviços no enfrentamento da estiagem. Também possibilita aos agricultores, o pedido de prorrogação de prazos e de dívidas.

“As perdas são bastante significativas, tanto na parte agrícola, como também, na parte do gado leiteiro e de corte. Também é sentida na questão da água potável e da água para o consumo de animais, onde já estamos levando água para o consumo humano para mais de 100 famílias e água para o consumo de animais para mais de 40 propriedades. Além dos serviços que estão sendo prestados pelas máquinas do município, para abertura e reabertura de bebedouros e açudes, assim como, para reservatórios de água. Isso tudo gera um custo para o município que está também sendo compilado com os dados para decretar a situação de emergência. Sem falar no prejuízo financeiro bastante alto, naquele que é o Pilar financeiro do município, que é o setor primário, ou seja, na agricultura. Por esse e por outros vários fatores que nós estamos elaborando esse decreto para ser publicado nos próximos dias”. Finalizou o prefeito Lucas Michelon.

A Administração Municipal através do prefeito Lucas Michelon e do secretário Giovane Barbieri, agradece a todos os representantes das entidades que compareceram na reunião e agradece em especial, ao apoio que eles estão dando para elaboração do decreto.